web analytics

Exame Nacional de Geografia 2021 – 2.ª Fase – Energia Renovável, Energia Não Renovável, Central Geotérmica, Mapa Hipsométrico

Exame Nacional de Geografia 2021 – 2.ª Fase – Versão 1
Questão 2
2. A central geotérmica do Pico Alto, na ilha Terceira, entrou em funcionamento em agosto de 2017, estimando-se que, em 2018, tenha providenciado 10% das necessidades de consumo da ilha.
Fonte: A Transição Energética em Portugal e a Contribuição para a Neutralidade Carbónica, Evento Temático do RNC2050, O Roteiro para a Neutralidade Carbónica, Lisboa, 2018, in descarbonizar2050.apambiente.pt (consultado em outubro de 2020). (Texto adaptado)

2.1. Identifique as afirmações verdadeiras, de acordo com a informação da Figura 2.
I.  A concessão da central geotérmica do Pico Alto localiza-se entre os 500 m e os 700 m de altitude.
II. Os afloramentos de água termal ocorrem nas áreas com maior declive.
III. O aproveitamento geotérmico ocorre em todos os afloramentos de águas termais.
IV. As altitudes mais elevadas ocorrem na parte nordeste da ilha.
V. As duas fontes termais mais afastadas distam entre si mais de 15 km.
2.2. O potencial geotérmico de ilhas como a da Terceira, no arquipélago dos Açores, está associado
(A) ao elevado escoamento de águas subterrâneas.
(B) à existência de temperaturas muito elevadas no subsolo.
(C) ao predomínio de um relevo montanhoso.
(D) à ocorrência de sismos de fraca intensidade.
2.3. Considere a afirmação seguinte.
A construção da central geotérmica do Pico Alto vem dar um contributo na transição para uma economia competitiva e de baixo carbono, em Portugal.
Justifique a veracidade da afirmação, apresentando duas razões.
Correcção: Aqui
Fonte: Iave, consultado a 15 de setembro de 2021

Exame Nacional de Geografia 2020 – Época Especial – Recursos do Subsolo, Pedreiras, Águas de Nascente, Escala Numérica, Energias Renováveis

Exame Nacional de Geografia 2020 – Época Especial
Questões 1-2
1. A heterogeneidade do território português, do ponto de vista geológico, contribuiu para um padrão espacial
diferenciado, no que respeita à exploração e à transformação dos recursos do subsolo, que pode ser
observado na Figura 1.

1.1. A escala numérica que corresponde à escala gráfica representada na Figura 1 é
(A) 1/50 000.
(B) 1/5 000 000.
(C) 1/500 000.
(D) 1/5000.
1.2. Considere as seguintes afirmações verdadeiras.
I. A litoralização da distribuição das pedreiras contrasta com o padrão de distribuição das explorações de águas de nascente em atividade.
II. A exploração dos recursos do subsolo, como as águas termais, tem contribuído para o desenvolvimento do turismo em espaço rural.
III. Na região Centro, algumas explorações de águas de nascente em atividade estão localizadas nas NUTS III Beiras e Serra da Estrela e Beira Baixa.
IV.  Os calcários extraídos nas Serras de Aire e de Candeeiros são muito utilizados na construção da calçada portuguesa.
V. No conjunto montanhoso Estrela-Açor-Gardunha estão localizadas unidades industriais de engarrafamento de águas de nascente.
Identifique as duas afirmações cujo conteúdo pode ser comprovado através da análise da Figura 1.
2. O mar português dispõe de recursos energéticos que podem vir a ser potencializados em benefício da economia portuguesa.
Duas das estratégias de desenvolvimento do país seriam:
A – a exploração dos recursos energéticos de fontes renováveis;
B – a exploração de recursos energéticos de fontes não renováveis.
Selecione uma das estratégias, A ou B. De acordo com a estratégia selecionada, apresente duas formas de exploração dos recursos energéticos, explicando de que modo poderão contribuir para o desenvolvimento socioeconómico do país.
Correcção: AQUI
Fonte: Iave, consultado a 10 de setembro de 2021.

Geografia – Exercício de preparação para o Exame Nacional (Aprendizagens Essenciais) – Os recursos do subsolo

Sugestão de preparação para o Exame Nacional de Geografia.
Ler e definir os seguintes conceitos do Tema 2 – Os recursos naturais de que a população dispõe: usos, limites e potencialidades
Subtema: Os recursos do subsolo:

Conceitos: jazida, unidade geomorfológica, água mineral, água termal, recurso não renovável, recurso renovável, combustível fóssil, energia fóssil, energia renovável (geotérmica, hídrica, eólica, biomassa, etanol, biodiesel, etc.), energia hidroelétrica, energia termoelétrica, mineral energético, mineral metálico, mineral não metálico, rochas industriais, rochas ornamentais, turismo termal.
Exemplo de Exercício:
1. Lê e comenta a seguinte afirmação.
(…)setor das rochas ornamentais(…) um negócio que responde por um volume de negócios da ordem dos mil milhões de euros anuais, com mais de 400 milhões a serem gerados nos mercados externos. Portugal é o 8º maior exportador do mundo de um recurso que se pode encontrar em quase todo o território nacional e que assegura cerca de 13 mil empregos agregados a 2100 empresas.
(…)A importância das exportações numa economia pequena como a portuguesa estende-se naturalmente ao setor das rochas ornamentais. Com um cariz exportador na sua génese, esta atividade entendeu a relevância da comunicação num mundo globalizado e concorrencial para marcar a sua posição.
(…)A importância das exportações numa economia pequena como a portuguesa estende-se naturalmente ao setor das rochas ornamentais. Com um cariz exportador na sua génese, esta atividade entendeu a relevância da comunicação num mundo globalizado e concorrencial para marcar a sua posição.
Fonte: Dinheiro Vivo, consultado a 11 de abril de 2021.